Wednesday, March 23, 2016

PLA Adv. 10 - Analisando a Educação: A Escola Perfeita

         
Como seria uma escola perfeita?
Por Francisco Morandi

          Para mim, a educação é o desenvolvimento da nova geração e da geração de intelectuais que serão o futuro do nosso mundo. A educação mundial começou a melhorar recentemente, mas antes servia como uma preparação péssima e cruel para o mundo adulto. Hoje, a educação esta se revolucionando para desenvolver escolas publicas e privadas que não só respeitem os estudantes mas que ofereça-lhes os recursos necessários para adquirir um trabalho no futuro. A escola perfeita, infelizmente, não existe hoje em dia e talvez nunca existirá porque requererá uma vontade inquestionável dos professores e os responsáveis pela escola. A escola perfeita ensinaria um currículo com matérias fundamentais com a adição de matérias culturais, uma certa independência para que os estudantes se encontrare e desenvolvam uma paixão por algo, em um ambiente desafiador mas que respeite a vida pessoal dos estudantes.  
          Em uma escola perfeita, um componente fundamental seria o currículo. Todas as escolas têm um currículo diferente. Então como seria o currículo de uma escola perfeita? As matérias básicas seriam obrigatórias para criar uma base intelectual para o sucesso dos alunos. Matemática, ciências, historia, e a língua materna do pais seriam as matérias essenciais para o começou do ensinamento dos estudantes. Claro, antes de chegarem ao primeiro ano do ensino fundamental, os alunos teriam o que é chamado de pre-escola onde ensino básico seria implementado. Fora essas matérias essenciais os alunos teriam várias opções de eletivos para os estudantes desenvolverem uma paixão na escola por algo que eles gostam. Um estudante não só teria a opção de poder escolher matérias extracurriculares mas eles teriam a facilidade de um itinerário que e desafiador mas ainda respeita as vidas dos estudantes fora da escola.
        Outra coisa necessária em uma escola perfeita seria a independência dos estudantes no currículo e na sala de aula. Essa independência simplesmente garantirá que todos os estudantes além de terem uma base para o sucesso, as matérias básicas, eles também podem perseguir seus próprios interesses em outras matérias, criando uma relação de orientação que no final beneficiará todos, mas também possibilitará os estudantes formarem suas próprias paixões, essencial para quem entrem em uma carreira. Essa paixão que os estudantes formariam nas matérias que eles se interessam no futuro iria se traduzir em um trabalho para os estudantes é daria para eles uma possibilidade realística de não só ter sucesso, mas também gostar do que você faz.
         Finalmente, o ambiente de uma escola perfeita teria que ser também perfeito. Então em minha opinião o ambiente de uma escola perfeita seria um fisicamente aberto come lugares confortáveis e bastantes lugares abertos (jardins, janelas, etc.) mas também intelectualmente desafiador. Eu acho que uma ligação intima entre a escola e a natureza teria que ser feita, eu acho que aulas no aberto seria uma forma excelente de relaxar os estudantes e também dar a oportunidade para eles respirarem ar fresco. Mas a estética não é necessariamente tão importante quanto o ambiente curricular. Em uma escola perfeita, as matérias e o ambiente seriam, ambiente desafiadores,  fazendo com que os estudantes trabalhem e questionem, mas que também respeite a vida dos estudantes fora da escola. Isso se traduziria nas lições de casa que seriam completamente refeitas para garantirem que realmente estão no nível adequado para os estudantes para que eles se sintam que verdadeiramente aprenderam algo.
         Concluindo, a educação e como pode ser melhorada é um problema multifacetado que por alguns anos já, causou dificuldade. É impossível dizer qual é a escola perfeita e não se sabe nem se isso existe mas o tema deste blog é apresentar a escola mas enriquecedora para os estudantes possível. Para obter essa escola seria fundamental ter professores. que realmente acreditam no seu trabalho e querem criar uma nova geração de cidadãos. Depois disso a escola seria estruturada do seguinte modo; ensino de um currículo com matérias fundamentais com a adição de matérias culturais, uma certa independência para os estudantes se encontrarem e desenvolverem uma paixão por algo e um ambiente desafiador mas que respeita a vida pessoal dos estudantes. Talvez algum dia, quando o mundo inteiro perceber a importância que a educação todos pararem para pensar; esse modo de ensino esta certo para a próxima geração?


No comments:

Post a Comment